8 desenhos animados educativos para você assistir com seu filho

Com tantos avanços tecnológicos, tornou-se comum os pequenos gostarem de assistir animações para se divertir e se distrair. Contudo, cada vez mais os pais procuram por opções de desenhos animados educativos, que possam fazer do entretenimento uma oportunidade para acrescentar algo a mais no desenvolvimento dos filhos.

Esse tipo de produção, além de ter um conteúdo realmente adequado aos pequenos, estimula, por meio dos personagens cheios de cores e traços simplificados, muitos fatores fundamentais para o crescimento infantil. Entre eles está o aprendizado, a formação social, a criatividade, os sentidos, as habilidades psicomotoras e a cognição.

Esses são elementos que causam um grande impacto positivo na educação infantil e na capacidade de socialização e expressão das crianças. Continue a leitura deste post e siga as nossas dicas para tornar o desenho infantil um aliado na educação do seu filho!

Como desenhos animados educativos auxiliam no desenvolvimento da criança?

Todas as brincadeiras, as narrativas, os brinquedos e os jogos simbólicos e de faz de conta são essenciais para o desenvolvimento infantil. Apresentando um tom educativo e promovendo um aprendizado à criança, tanto faz se essas atividades são provenientes de livros, desenhos ou se fazem parte de um programa escolar, por exemplo.

A frase “a criança aprende brincando” carrega uma grande verdade, pois ao participar de atividades lúdicas ela conquista muitos benefícios, tanto física quanto intelectual e socialmente.

Em pequenas brincadeiras a criança consegue desenvolver autonomia e criatividade, constrói sua identidade e estabelece vínculos importantes que poderá carregar para vida inteira.

Por conta de tantas preocupações com a construção da identidade da criança, muitos pais, psicólogos e pedagogos, entre outros especialistas em educação infantil, orientam que os desenhos infantis sejam realmente educativos e contribuam para uma formação saudável daquele pequeno telespectador.

Listamos as principais influências que os desenhos podem exercer sobre os pequenos. Confira!

Atuam sobre construção da personalidade

O caráter da criança se molda sobretudo por meio de exemplos. Ela se espelha em pessoas da sua convivência — os pais, os irmãos e outros cuidadores — para tomar suas próprias decisões e expressar comportamentos.

Nesse contexto, ao eleger um personagem favorito de desenho, é natural que ela comece a agir como ele. Por isso, ao se deparar com desenhos que exaltam valores como solidariedade, empatia, amizade, sustentabilidade e diálogo familiar, a criança ganha uma fonte poderosa de educação ética e positiva.

Servem como exemplos positivos

A maioria dos desenhos animados educativos, que servem como boa referência para o público infantil, mostram, por meio de histórias simples, divertidas e atraentes, situações do cotidiano. Também apresentam soluções para problemas corriqueiros, como a necessidade de compartilhar com os amigos e obedecer aos mais velhos.

Assim, ela vai aprendendo valores como moral e civilidade, e aprende as consequências de escolhas certas e erradas, consolidando sua identidade e sua postura diante do mundo.

Estimulam a criatividade

Envoltos por uma atmosfera de muitas cores, movimentos, temáticas variadas e musicalidade, os desenhos animados permitem que a criança explore sua imaginação e reproduza no dia a dia elementos vistos na tela.

A maioria dos desenhos é de fácil compreensão e tem muitos elementos encantadores objetivando entreter a faixa etária menor por mais tempo. Contudo, ao despertarem a curiosidade dos pequenos, ensinando, ao mesmo tempo, como tornar o dia a dia mais divertido, acabam fomentando a vontade de criar formas novas de brincar, estimulando perspectivas diferentes e interessantes em relação à realidade que os cerca.

8 desenhos animados educativos para você assistir com seu filho

São muitas opções de desenhos disponíveis na televisão e na internet. Contudo, nem todos podem auxiliar de forma positiva a educação do seu filho. Por essa razão, listamos 8 desenhos que podem fazer parte do lazer infantil, com um conteúdo recreativo e instrutivo. Confira!

1. Dora, a Aventureira

O primeiro desenho animado educativo da nossa lista é Dora, a Aventureira. Exibido pelo Nick Jr. e pela Netflix, a série animada acompanha Dora, uma garota extrovertida e simpática, ao lado do seu inseparável amigo macaco Botas — que tem esse nome justamente por usar botas vermelhas.

A cada episódio eles conversam com a criança que os assiste e explicam, de maneira bastante didática, a aventura que terão e qual problema precisam solucionar. Ao longo do percurso, sempre aparece alguém que fala inglês, e apenas Dora é capaz de compreender. Contudo, ela pede que o espectador mirim ajude-a a traduzir o que é falado.

É justamente essa a característica que tanto diferencia a animação das demais, pois ela estimula o aprendizado orgânico de uma segunda língua de forma muito sutil e intuitiva, ampliando o desenvolvimento da fala e orientando as crianças com dicas de dicção e vocabulário.

2. O Show da Luna!

Exibido no Discovery Kids (canal por assinatura) e nas TV Aparecida e Brasil, na TV aberta, O show da Luna! é outra sugestão que não poderia faltar nesta lista. O motivo é muito simples: a animação brasileira tem um foco muito grande na ciência. Assim, a doce Luna, de apenas 6 anos, está sempre intrigada pelo que acontece ao seu redor.

Em suas divertidas aventuras, ela se une a Júpiter, seu irmão mais novo, e a Cláudio, o furão de estimação de ambos, para viver novas descobertas e realizar experimentos para descobrir mais sobre as maravilhas da ciência.

Ao longo das brincadeiras dos dois, seus filhos se divertem e têm não apenas a imaginação estimulada, mas também o raciocínio lógico e o gosto por aprender incitados a cada nova história.

3. Palavra Cantada

Com letras inteligentes e animações divertidas, as criações da dupla Paulo Tatit e Sandra Peres são uma verdadeira aula de educação sobre os mais diversos temas.

Há desde releituras de clássicos da MPB como “Leãozinho”, famoso na voz de Caetano Veloso, como músicas sobre as estações do ano, respeito aos animais e aprendizados sobre diversas fases do desenvolvimento infantil.

A dupla já tem uma lista extensa de prêmios e, até agora, já lançou mais de 15 CDs, 10 DVDs e quase 10 livros, sempre buscando formas originais de valorizar a poesia e a sensibilidade que existem em cada criança. O desenho passa na Netflix e no YouTube.

4. Mundo Bita

Sucesso absoluto entre o público infantil, Mundo Bita acaba de ser indicado ao prêmio mais importante da música latina, o Grammy 2018. A indicação, de melhor álbum infantil, se deu por conta de “Bia e a Natureza”, lançado no ano passado e que retrata temas sobre preservação ambiental, como fauna, flora e reciclagem.

Somente por essa indicação já dá para entender por que esse desenho não deve ficar de fora da seleção para o seu filho. Com muitas cores, personagens carismáticos e temas sempre éticos, o projeto traz clipes curtinhos e de fácil assimilação.

As mensagens das letras costumam tratar de respeito aos animais, cuidados com a saúde e a importância das brincadeiras para um crescimento feliz e saudável. O desenho está disponível no Discovery Kids, na Netflix e no YouTube.

5. Go, Diego, Go!

A Nick Jr. exibe também outro desenho que a cada dia encanta mais a criançada: o Go, Diego, Go! A trama da série gira em torno de Diego, um garoto que, ao lado de sua irmã Alicia, apresenta o universo das florestas e dos animais para os menores.

A cada episódio, os dois se aventuram para proteger os bichinhos do Centro de Proteção aos Animais que mantêm e encaram diversos problemas criados por uma dupla de macacos — os irmãos Bobo, que são bem atrapalhados e desastrados.

Assim como ocorre em Dora, a Aventureira, Diego interage constantemente com as crianças, embora aqui o foco das conversas se volte para as curiosidades sobre a fauna e a flora.

Por esse motivo, ele sempre explica as características de cada animal ou planta, o tipo de habitat de cada um, o nome científico e até em qual país é possível encontrar cada espécie.

6. A Casa do Mickey Mouse

Diferentemente das animações clássicas do Mickey, esse desenho moderno da Disney procura estimular o raciocínio lógico e a busca por soluções criativas de diversos enigmas apresentados por Mickey e seus amigos inseparáveis: Donald, Margarida, Minnie, Pluto e Pateta.

Ao embarcarem em diversas aventuras, eles se deparam com problemas cotidianos que exigem cálculos e noções de geometria, de forma simples e adequada à primeira infância. A interação acontece quando os personagens convidam a criançada a calcular e raciocinar sobre como desvendar cada mistério.

A Casa do Mickey Mouse é transmitida no Brasil desde 2006, e atualmente está disponível na Netflix.

7. Doutora Brinquedos

Esse magnífico desenho retrata a relação de uma menina de 6 anos (Dottie) com brinquedos que ganham vida, comunicam-se com ela e demonstram personalidades bastante diferentes. Por meio de histórias comuns e cotidianas, são ensinados cuidados com a higiene, a saúde e o bem-estar em geral.

Além disso, a menina descobre a importância de visitas regulares ao médico e como obter diagnósticos e “curas” para os brinquedos, sempre com a ajuda de sua mãe, que é uma médica de verdade.

Doutora Brinquedos começou a ser visto no Brasil em 2012 e tem algumas temporadas disponíveis na Netflix.

8. Daniel Tigre

O tímido mas curioso e destemido filhote de tigre Daniel é o personagem principal desse desenho, indicado principalmente para crianças entre 2 e 4 anos.

Com a ajuda de muitos adultos ao redor, Daniel vai ganhando habilidades e aprendizado em diversas situações desafiadoras para os pequenos, como a chegada de um irmão, o começo do uso do banheiro, o medo de injeção e muitas outras.

Daniel Tigre pode ser visto na programação dos canais Disney Junior (pago) e TV Brasil, além da Netflix.

Viu como os desenhos animados educativos podem contribuir para o aprendizado e as habilidades sociais dos pequenos de forma lúdica, divertida e repleta de estímulos? Eles podem ser um importante elemento para desenvolver ainda mais o aspecto cognitivo nessa fase tão importante que é a infância.

Gostou do artigo? Quer mais dicas para estimular o crescimento do seu filho? Então leia sobre os 5 melhores livros para o pequeno que você precisa ter em casa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =