Cadeirinha para o carro: tire suas dúvidas

Quem tem crianças pequenas, provavelmente, sabe que o uso da cadeirinha para o carro é essencial. Mas apesar de fazer parte do dia a dia das famílias, sua utilização não é tão simples assim e pode trazer diversas dúvidas.

É preciso estar atento, por exemplo, ao peso, idade e tamanho da criança, além da qualidade e do tipo de cadeirinha recomendado para cada uma. Também é importante saber como instalar corretamente esse item de segurança e verificar o que fazer caso a criança não se acalme ou se recuse a andar na cadeirinha.

Diante de tantas questões, preparamos esse miniguia para ajudar a tirar suas dúvidas e facilitar a sua vida quando o assunto é cadeirinha para o carro. Acompanhe!

Sou obrigada por lei a usar a cadeirinha?

Sim. A Lei da Cadeirinha está em vigor desde 2010 e seu principal objetivo é oferecer maior segurança no transporte de crianças de até 10 anos. Quando instalada e utilizada corretamente, a cadeirinha ajuda a minimizar as consequências de um acidente e pode salvar a vida dos pequenos.

A lei leva essa questão realmente a sério. Tanto que determinou duas penalidades para quem não segue as regras determinadas pelo Código de Trânsito Brasileiro. O responsável pelo automóvel que não estiver com a cadeirinha comete infração gravíssima, com multa no valor de R$ 293,47 e retenção do veículo até que a situação seja regularizada.

O uso da cadeirinha é um ponto de atenção inclusive para famílias que possuem mais de um carro — ou que precisam transportar a criança em veículos diferentes com frequência. A cadeirinha sempre precisa estar instalada para que a criança possa andar no automóvel.

Por que o uso da cadeirinha é essencial para o meu filho?

Além de serem bem pequenos, os bebês, por exemplo, ainda não firmam muito bem o pescoço. Sem dúvida, a experiência de andar de carro usando apenas o cinto é algo desagradável e pouco seguro para eles.

Sem falar que, se as crianças forem transportadas no colo e o veículo sofrer uma colisão, um adulto não consegue segurar e proteger o pequeno devido à força do impacto, podendo inclusive esmagá-lo com o seu corpo.

Há ainda algumas pessoas que deixam as crianças andar no bagageiro por diversão. Essa é uma das áreas menos seguras do veículo, visto que não foi feita para o transporte de pessoas. Nunca permita que seu filho vá no bagageiro.

Com esses poucos exemplos já dá para perceber como a cadeirinha é essencial no transporte das crianças e pode ajudar a salvar vidas.

loja-vestido-infantil

Existe mais de um tipo de cadeirinha? Como sei qual é a ideal para meu filho?

Existem diversos tipos de cadeirinha no mercado, como o bebê conforto, a cadeirinha propriamente dita e o assento de elevação. Cada um deve ser usada pela criança de acordo com a idade, peso ou altura.

Se seu filho tem até um ano, ele deve usar o bebê conforto, instalado no banco de trás. O item deve ficar virado para o encosto, no sentido contrário ao banco do motorista, por exemplo. Esse procedimento deve acontecer desde a saída da maternidade. Ou seja: é importante instalar corretamente o bebê conforto no carro ainda durante a gravidez.

Já crianças com idade entre um e quatro anos são devem ser transportadas na cadeirinha, presa com o cinto de segurança e também no banco traseiro.

Nos primeiros anos, a recomendação é que a cadeirinha seja instalada de costas, assim como o bebê conforto. Sempre verifique o manual de instruções do fabricante para identificar qual é o momento certo de virá-la para frente.

A lei prevê ainda que crianças com idade entre quatro e sete anos devem usar um assento de elevação e o cinto de segurança de três pontas do veículo. Esse assento nivela a altura do cinto com o ombro da criança.

Por fim, a partir dos sete anos, a criança também deve ser transportada no banco de trás, usando apenas o cinto de segurança de três pontas. Apenas a partir dos dez anos é permitido que a criança ande no banco da frente, também utilizando o cinto.

Como escolher e comprar a cadeirinha para o carro?

Há diversas marcas e modelos de cadeirinhas e bebê conforto. Na hora da compra, o ideal é você escolher a que mais se adéque à sua realidade e necessidades. No entanto, alguns fatores podem ser considerados independente dos detalhes ou da estética.

Antes de tudo, sempre verifique se a cadeirinha ou bebê conforto possui o selo de certificação do INMETRO. Lembre-se que esse é um item de segurança que pode salvar a vida do seu filho, por isso não corra o risco de eleger uma opção menos segura apenas por ser mais barata.

Observe também se o cinto é de cinco pontos, possui fivelas ajustáveis e é confortável, como os que são acolchoados. O tecido lavável também é um diferencial e tanto, visto que ficará em uma área que em que a criança se suja com facilidade.

Pesquise as marcas e modelos mais usadas entre outros pais e mães, identificando quais valem a pena investir. Caso decida comprar de segunda mão, peça a nota fiscal e verifique todos os itens acima. Converse com a pessoa que está vendendo para descobrir se o item está em perfeito estado ou se já sofreu alguma queda ou pancada.

Como faço para instalar a cadeirinha corretamente?

A instalação da cadeirinha ou do bebê conforto varia conforme a marca e o modelo comprado. Em comum, todos devem ser presos no cinto de segurança do seu carro. O ideal é você tirar um tempo para ler todas as recomendações com atenção e deixar para fazer a instalação em um dia que estiver com calma e tempo disponíveis.

Além dos detalhes da instalação, é também no guia de uso que você encontrará as recomendações sobre quando virar a cadeirinha para frente, ou quando é recomendado que seu filho deixe a cadeirinha e passe a usar o assento de elevação, por exemplo.

Apesar da maioria dos itens e das recomendações da lei sigam o critério da idade da criança, em alguns casos a troca acontecerá mais cedo ou mais tarde de acordo com o peso ou a altura do seu filho.

Como acalmar meu filho para sentar na cadeirinha?

Muitas crianças podem apresentar dificuldades na hora de usar a cadeirinha. Para isso, algumas medidas simples fazem toda a diferença e ajudam a acalmar os pequenos.

O primeiro passo, claro, é conversar. Explique que aquele é um espaço só dele e que todas as crianças usam uma cadeirinha para não se machucar no carro. Além disso, você pode inventar uma história, como dizer que todas as vezes que ele senta ali, se torna um super-herói a caminho de sua próxima missão.

Por outro lado, como o transporte na cadeirinha ou no bebê conforto é obrigatório desde o primeiro dia de vida do bebê, é indispensável que a criança esteja — sempre que possível — acompanhada de um adulto no banco de trás.

Se você puder manter esse hábito mesmo quando a criança for um pouco maior, ela se sentirá mais segura e é será fácil entretê-la durante o percurso. Aos poucos, logo que virar a cadeirinha para frente, você pode ir cortando essa prática.

Outra dica é criar uma rotina e transformar o tempo no carro em uma experiência alegre e divertida, que a criança deseje participar. Para isso, experimente colocar músicas que ela goste, ou contar uma historinha todas as vezes que precisarem sair no veículo.

Como manter meu filho entretido no carro?

Além de acalmar a criança, algumas dicas podem te ajudar também a entretê-lo, garantindo que as viagens aconteçam de forma bem leve e tranquila.

E não pense que tudo depende do seu filho. Às vezes você é a responsável por facilitar as coisas. A principal delas é sempre buscar sair no horário, evitando a correria. Se estiver com pressa, seu pequeno também pode se estressar e dificultar o processo da cadeirinha.

Monte e deixe no carro um pequeno arsenal de coisas que o seu filho gosta, como pequenos brinquedos e mordedores. Isso poderá distraí-lo e fazer com que andar de carro seja associado a um momento de diversão.

Você também pode transformar o tempo no carro em um momento só de vocês dois, em que tenham conversas gostosas, contem sobre o dia um do outro ou façam planos para mais tarde, por exemplo.

Não se esqueça de se manter sempre calma e paciente na hora de falar com o seu filho durante os trajetos com o carro, mesmo em momentos de estresse ou nervosismo no trânsito. Respire fundo e vá falando com uma voz suave para mantê-lo calmo e tranquilo.

Muitas crianças costumam dormir na cadeirinha quando andam de carro. Esse também pode ser um bom hábito a se cultivar. Verifique apenas se seu filho está confortável e se a cabeça dele não ficará pendendo para frente, o que pode machucar o pescoço.

Se observar que isso está acontecendo, invista em uma daquelas almofadas de viagens, que costumam ser bem confortáveis e proteger essa região.

Com tantas informações e exigências, realmente parece complicado entender tudo sobre a cadeirinha para o carro, mas com esse artigo ficou mais fácil, não é? Você descobriu desde como escolher o modelo certo até dicas valiosas para acalmar os pequenos.

Além desse guia, também produzimos outros materiais que podem facilitar sua vida. Assine nossa newsletter para receber diretamente no seu e-mail! Até mais!

roupas-para-meninas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 20 =