Dente de criança: como ensinar o filho a cuidar da saúde bucal?

Se você tem um belo sorriso hoje em dia, certamente seus pais ensinaram a você como fazer a higiene bucal correta. Agora chegou o momento de você passar isso para seu filho. Todo dente de criança deve higienizado rotineiramente e essa prática deve começar desde cedo.

Alguns pais ficam um pouco perdidos nessa hora. Entretanto, explicar a importância da escovação, dar o exemplo e evitar criar medos são alguns dos passos para estimular o hábito da escovação.

Quer saber mais? Acompanhe este texto e conheça a etapas principais para que seu filho não tenha medo e consequentemente crie apreço pela escova de dentes. Confira!  

escovar os dentinhosExplique a importância da escovação

Se você que é adulto já não gosta de fazer as coisas sem saber o motivo, imagina uma criança que está na fase de questionar sobre tudo. A escovação é um hábito novo para o seu filho e ele precisa — e vai querer — saber porquê aquilo é importante.

A maneira de explicar deve ser adaptada para a linguagem do seu filho. Provavelmente ele não vai entender termos técnicos, como cáries, gengivite e flúor. O mais adequado é contar histórias e músicas educativas.

Por exemplo, fale sobre o perigo que o “bichinho” da cárie pode causar nos dentes. Ou mostre que a escova de dentes é uma “vassourinha” que faz a limpeza da “poeira” — os alimentos — dos dentes. De maneira lúdica e descontraída, fica mais fácil para a criança entender e se interessar pela higiene bucal.

Dê o exemplohabitos

Você já deve ter percebido que seu filho gosta se vestir como você. Às vezes ele até mesmo usa os seus sapatos ou as suas roupas. Isso acontece porque, nessa idade, a criança assimila forte referência com os pais ao ponto de querer imitá-los em tudo. Que tal aproveitar essa característica para incentivá-lo a cuidar da saúde bucal?

Principalmente nas primeiras semanas, escove os dentes com o seu filho. Assim que terminar de fazer uma refeição com ele, ou antes de dormir, leve-o para o banheiro e mostre como escovar. Isso ajuda a criança a criar confiança com esse hábito e logo vai ter segurança para fazer isso sozinha.

Providencie o ambiente adequado

Colocar o filho de pé sobre o vaso sanitário para que ele alcance a pia do banheiro para escovar os dentes, não é nada seguro. A criança pode cair e se machucar, além de passar a ideia de que o ato de escovar é arriscado e desconfortável. Para evitar isso, ofereça um ambiente adequado para escovação.

Não há necessidade de construir um banheiro de miniatura para a criança. Entretanto, você pode investir em um banquinho firme e com os pés antiderrapantes. Também pode utilizar um copo pequeno para enxaguar a boca em vez de fazê-lo se esticar para alcançar a pia. Dessa forma, a criança se sente mais protegida e determinada para o ato da escovação.

Crie uma rotina

Ontem, seu filho escovou os dentes depois do almoço. Hoje, ele escovou apenas antes de dormir. Tem algo errado nisso! É preciso criar uma rotina de escovação. A placa bacteriana se forma exatamente durante aquele tempo em que seu filho se esqueceu ou ignorou a escova. O resultado desse desleixo pode ser o surgimento de uma cárie.

Por isso que a escovação deve acontecer sempre nos mesmos horários e após as refeições. Combine com seu filho que ele deve escovar os dentes antes de ir brincar ou dormir. Assim, diminuem as chances de que a criança enrole ou de que você tenha que interrompê-la durante a brincadeira ou sono para escovar os dentes.

Evite criar medos

“Quem não escova os dentes, acaba indo para o dentista, aquele que tem um motorzinho capaz de torturar crianças desobedientes”. “Se não escovar antes de dormir, o monstro da cárie vai visitar vocês durante o sono”. Essas frases geralmente são usadas por muitos pais para fazer com que seus filhos adotem o hábito da higiene bucal.

Entretanto, essa abordagem, muito longe de educar, só tem o efeito de traumatizar e amedrontar a criança, além de ajudá-la a ter uma visão negativa sobre o dentista, o que pode trazer mais problemas na hora em que efetivamente ela precisar da ajuda dele. Portanto, seja leve e objetivo e evite criar medos.

Utilize escovas de dente divertidas

Cores vivas, formatos inusitados, aromas atraentes. Esses elementos fazem parte do mundo infantil tanto nas festas de aniversário, nas roupas e nas comidas. Eles podem também estar presentes nos momentos de cuidado com bucal.

Nesse sentido, ofereça ao seu filho escovas de dente coloridas, que piscam, se mexem e com personagens de desenhos animados. Também invista em pastas de dente cheirosas e brilhantes. Mas atenção! Compre apenas escovas e pastas de dentes adequadas para a idade do seu filho. Produtos fabricados para adultos podem ser agressivos para a saúde bucal da criança.

Consulte um profissional

Por mais que seu filho aprenda a ter um excelente hábito de escovação, vai ser inevitável levá-lo ao dentista. Isso porque esse profissional tem condições de acompanhar o crescimento e o desenvolvimento bucal da criança, além de identificar possíveis complicações que você não tem condições técnicas para notar.

Entretanto, evite chegar ao consultório com o filho sem nenhuma preparação prévia. Converse com ele sobre a figura do dentista. Fale que ele é um amigo e que vai avaliar se ele tem sido um excelente “escovador de dentes”. Dessa forma, vai ser possível transmitir uma atitude positiva a respeito do dentista e fazer com este seja visto pela criança como um aliado.

Essas foram algumas dicas para cuidar do dente de criança. Por mais que seja difícil ensinar a escovação para o seu filho, é preciso insistir para o seu próprio bem. Não tolere os “nãos” que ele pode dar a você na hora da escovação e retome sempre a conversa sobre o cuidado com os dentes.

Mesmo conhecendo essas dicas você ainda tem dúvida sobre o momento certo de consultar seu filho com um especialista? Leia este texto e descubra quando levar seu pequeno ao dentista.vestidos-infantis-mon-sucre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + dezenove =