Lancheiras saudáveis: 8 dicas para montar lanches incríveis

A alimentação das crianças é uma preocupação importante e que todos os pais devem ter, e isso não deve acontecer só dentro de casa. As lancheiras saudáveis são fundamentais, já que diariamente a criança estará na escola.

Implementar hábitos alimentares saudáveis desde cedo ajuda a criança a se desenvolver com uma ideia correta sobre comida, além de ser fundamental para que ela mantenha a saúde em dia e esteja longe de problemas como a obesidade infantil.

Neste post você vai conferir como é possível fazer com que a hora do recreio seja deliciosa por meio de 8 dicas valiosas de como montar a lancheira das crianças. Veja!

1. Prepare sucos naturais que não estragam fácil

O suco natural é um dos elementos que não pode faltar nas lancheiras saudáveis. Além de refrescantes, eles são deliciosos para acompanhar as comidas. A possibilidade é grande, mas é importante pensar em frutas que não estragam facilmente, como laranja, acerola, maracujá e abacaxi.

O segredo é preparar da forma mais natural possível, sem açúcar ou usando o mascavo, que é uma opção mais integral e que deve agradar a criança. Se possível, faça o suco ainda no dia que a criança for tomar, para preservar os nutrientes.

2. Mande frutas para acompanhar

As frutas são ótimos acompanhamentos para outros itens do lanche, pois são muito saborosas e alimentam bem a criança. Dê preferência às mais docinhas, que serão mais saborosas e devem agradar mais o paladar.

Opções como banana, maçã, pera, laranja e as principais da estação e que não estraguem são ideais. Se achar mais prático, descasque as que forem necessárias para que a criança coma sem maiores problemas. Isso também ajuda a estimular o consumo, já que qualquer dificuldade pode causar rejeição.

3. Evite pães feitos com farinha branca

Pães são alimentos muito saborosos e comuns à dieta, mas se você está buscando estimular uma alimentação saudável é melhor tentar opções que realmente são adequadas às crianças. Os que são feitos de farinha branca, tradicional, não são tão bons assim para a saúde, então é melhor evitar essas opções.

Em contrapartida, os integrais podem surgir de maneira muito positiva. Procure as diferentes opções de preparo e veja qual a criança gosta mais em relação ao sabor. Você pode mandar, nas lancheiras, pães integrais recheados com queijo branco, por exemplo, que é uma alternativa bastante saudável e saborosa.

4. Esqueça os biscoitos recheados

Frequentemente presentes nas lancheiras, os biscoitos recheados fazem a cabeça das crianças, porém os pais precisam saber que eles são opções muito pouco saudáveis e devem ser evitados a qualquer custo. O interessante é nem mesmo dar a chance de experimentar, já que eles são realmente gostosos.

O biscoito recheado, que é um produto industrializado, tem excesso de sódio e de açúcares, além da gordura trans, que é muito prejudicial à saúde. Uma boa opção a eles são os biscoitos integrais, que oferecem boa variedade de sabores e podem agradar os pequenos.

5. Prepare cookies integrais

Tradicionais da cozinha americana, os cookies são deliciosos, porém a sua versão tradicional não é a melhor opção para as crianças. Já o integral é uma alternativa perfeita para as lancheiras saudáveis, preparados sem a farinha branca tradicional e substituindo o açúcar tradicional pelo mascavo.

O ideal é preparar os cookies integrais e colocá-los nas lancheiras saudáveis no dia seguinte, já que assim eles estarão fresquinhos e ótimos para as crianças consumirem. As principais receitas contam com ingredientes com aveia e o mel, que pode substituir qualquer tipo de açúcar.

6. Mande sempre uma garrafinha de água

A água é fundamental para o organismo humano, e isso ainda é mais importante quando se trata de crianças. O hábito de consumo deve ser desenvolvido desde cedo, e quando os pais entendem isso e aplicam nas lancheiras, a possibilidade de sucesso é muito maior.

Por mais que a criança tenha acesso à água na escola, a agitação e a distração com as atividades podem fazer com que ela simplesmente esqueça de beber água. Mandando uma garrafinha diariamente como parte das lancheiras saudáveis, você ajuda para que esse hábito seja definitivamente adotado por ela.

7. Faça bolos caseiros saudáveis

É muito importante que o conteúdo da lancheira seja, além de saudável, muito atrativo às crianças. Elas são exigentes e não é muito fácil fazer com que elas comam de tudo o que faz bem, então é importante se esforçar um pouco e ser criativo na hora de preparar os melhores lanches.

Uma alternativa muito eficiente são os bolos caseiros. Eles são deliciosos e são preparados com receitas muito mais saudáveis que os tradicionais, dispensando uso de açúcar, farinha branca e outros ingredientes calóricos. A maioria deles tem frutas como base, se tornando uma opção bem saborosa.

8. Compre uma boa lancheira

As lancheiras saudáveis precisam oferecer boas condições de conservação dos lanches dos pequenos. Há diversas opções no mercado, muitas atrativas pela questão visual, estampando os personagens favoritos, mas é preciso avaliar a real utilidade de cada uma delas.

As mais tradicionais são as de plástico, aquelas quadradas mais rígidas. Elas até comportam bem os lanches e garrafas em relação ao espaço, porém não oferecem nenhum tipo de conservação dos alimentos, o que pode ser ruim em casos de frutas mais frescas e bebidas que são melhores se consumidas geladas.

As que oferecem a melhor alternativa são as de tecido, focadas apenas em serem térmicas. Geralmente elas não seguem a linha de personagens, mas compensam essa falta de atrativo para as crianças com a funcionalidade de ser capaz de conservar melhor, tanto alimentos quanto as bebidas.

É fundamental mandar água e suco nas garrafas térmicas, pois essas vão manter as bebidas frescas por mais tempo. Encontre uma lancheira que tenha espaço suficiente para comportar todos os elementos diariamente.

Compor as lancheiras saudáveis das crianças requer certo esforço para tentar fugir do óbvio e aliar criatividade a coisas gostosas e saudáveis, sem que haja nenhum tipo de influência no sabor. Só assim é possível unir o útil ao agradável e conquistar as crianças, propondo novos hábitos alimentares.

Gostou de saber mais sobre esse assunto? Agora saiba como os pais podem ajudar os filhos em um momento de mudança de escola.

loja-vestido-infantil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 15 =